PACS em Nuvem x PACS Local

caja-nube-3d-archivos-almacenamiento-nube_58466-7385

O sistema PACS, sigla para Picture Archiving and Comunication System, serve principalmente para armazenamento de imagens médicas e comunicação entre setores de clínicas e hospitais.

Essa tecnologia é utilizada em centros de imagem e hospitais para atender todo o fluxo da unidade. Desde a realização da imagem, passando pelo diagnóstico, até visualização de médicos da clínica, solicitantes e até mesmo pacientes.

Esse sistema de gerenciamento oferece inúmeras vantagens para as clínicas: padroniza as imagens em formato DICOM, que auxilia na organização e busca; facilita o fluxo de trabalho uma vez que os exames são acessados diretamente nos computadores dos médicos durante as consultas; oferece mais qualidade de imagens a serem laudadas; além de qualidade e segurança no armazenamento.

Porém, com a Computação na Nuvem, os sistemas PACS passaram por uma grande evolução. Atualmente, existem dois tipos de PACS disponíveis no mercado, o PACS local e o PACS em nuvem. Mas você sabe a diferença entre os dois e qual traz mais benefícios para a sua empresa?

PACS Local

No modelo de PACS local a empresa precisa configurar um servidor e rede para fazer essa gestão. Para isso, é necessário um investimento de contratação que serve para instalar os equipamentos na unidade.

Consequentemente, o centro de imagem precisa disponilizar uma sala que possua condições ideiais para essa instalação. É importante lembrar que é nesse equipamento que todos os exames e informações dos pacientes ficam armazenados e, como qualquer dispositivo, corre riscos de avaria.

Além disso, também é necessário disponibilizar pessoal qualificado para gerenciar o novo software adquirido.
Nesse mesmo modelo de PACS existem ainda os sistemas vendidos como serviços na nuvem, mas que funcionam da mesma forma que os locais. A diferença é que o equipamento fica alocado em uma sede da própria prestadora de serviço; mas está sujeito aos mesmos riscos.

PACS em Nuvem

Já no modelo em Nuvem, todos esses processos ocorrem de forma diferente. O serviço contratado dispensa investimento para instalação. Uma vez que as informações ficam todas armazenadas na nuvem, não é necessário instalar nenhum tipo de equipamento.

Sendo assim, a clínica não precisa dispor de espaço físico e nem contratar pessoal responsável. O serviço de PACS em nuvem oferece, também, suporte qualificado para atender todas as demandas sobre a ferramenta.

Além disso, esse modelo oferece uma segurança muito maior. Como não depende de servidor físico, não corre risco de ser danificado e ainda conta com diversas opções de backup.

O investimento também é personalizado, cada unidade tem uma assinatura mensal de acordo com sua volumetria de exames.

E ainda, esse formato facilita ainda mais a comunicação com seus pacientes e equipe médica. Com login e senha, é possível acessar o sistema de qualquer lugar.

Mais posts do blog

ver todos