6 benefícios de implementar um RIS na sua clínica

medico-masculino-trabalhando-no-computador-pessoal_107420-66926

O RIS é uma plataforma de software essencial para qualquer prática de radiologia. Saiba como sua clínica se beneficia da implementação.

Os sistemas RIS são fundamentais para a gestão de qualquer clínica ou centro de imagem, além de complementar outros elementos críticos de um sistema de saúde, como os Prontuários Eletrônicos do Paciente (PEP) e o Sistema de Comunicação e Arquivamento de Imagens (PACS).

O sistema armazena e organiza uma grande quantidade de informações do paciente. Os profissionais de radiologia devem se familiarizar com as variedades de informações que um sistema RIS típico processa.

1. Registro e agendamento do paciente

Os bancos de dados do RIS contêm uma variedade de dados coletados durante o registro do paciente. Ele coleta e reúne informações de agendamento do paciente, que são então compiladas em listas interativas que podem reduzir a probabilidade de conflitos de agendamento, não comparecimentos e melhorar os processos de fluxo de trabalho.

Em última análise, isso leva a uma redução na quantidade de tempo que os pacientes devem passar no processo de registro, uma redução na quantidade de tempo que os profissionais de saúde devem gastar inserindo informações redundantes e uma redução nos sinistros devido a informações incorretas inseridas.

2. Gestão de recursos

Preferencialmente, o RIS deve se integrar ao PACS para funcionar corretamente. O RIS pode extrair imagens do PACS, integrar essas informações aos seus bancos de dados e hospedar essas imagens em documentos interativos que podem ser consultados por profissionais de saúde para facilitar as operações. Os centros de imagem geram uma quantidade considerável de documentos sobre os pacientes.

Além disso, o software RIS consolida e rastreia esses documentos e os protege de acordo com as diretrizes das agências reguladoras, como a Anvisa, no Brasil.

Além disso, o RIS armazena e rastreia informações sobre o estoque de materiais. Essa funcionalidade de gerenciamento de materiais RIS permite que as equipes monitorem facilmente o fornecimento de materiais e os orçamentos.

Esse grau de uniformidade não é viável com sistemas RIS baseados em papel, que são prejudicados por limitações de design que resultam em dados fragmentados e de difícil acesso.

3. Rastreamento de desempenho do exame

Os dados de resultados de exames podem ser usados para melhorar os fluxos de trabalho, permitindo que os provedores identifiquem áreas problemáticas específicas em suas operações.

O rastreamento de desempenho também fornece uma grande quantidade de dados sobre indicadores-chave de desempenho (KPI), como taxas de sucesso em exames e satisfação do paciente.

Essas informações podem gerar melhorias nas operações de saúde que podem levar à redução da rotatividade da equipe, maior satisfação do paciente e aumento do crescimento da receita.

4. Interpretação do exame

As interpretações dos exames, no software RIS, podem ser enviadas imediatamente aos médicos para avaliação posterior. As interpretações de exames podem ser integradas a documentos interativos e histórico médico para fornecer a radiologistas e demais médicos informações críticas e facilmente consultáveis sobre um paciente.

Essa funcionalidade permite que os laboratórios de radiologia e os médicos troquem dados, trabalhem juntos e melhorem o atendimento ao paciente.

5. Entrega de resultados

Ao contrário dos sistemas de informação de radiologia baseados em papel, o software RIS pode distribuir facilmente os resultados dos exames para radiologistas, médicos e qualquer outro elemento de um sistema de saúde, como o PEP.

O RIS armazena informações de radiologia de maneira transparente, compartilhável e confidencial, o que permite que os dados sejam usados para uma ampla variedade de finalidades, como a geração de relatórios de desempenho ou o rastreamento de dívidas não cobradas.

O software RIS ainda pode organizar vários dados financeiros, de desempenho e de pacientes em relatórios mensais, semanais ou até diários, com os módulos de Business Analytics.

6. Procedimento de faturamento

Os sistemas RIS também consolidam todas as informações de faturamento dos pacientes, desde o registro até a conclusão do procedimento. Por isso, diminui o tempo de faturamento ao mitigar instâncias de erros administrativos e outras fraquezas humanas que podem dificultar o processamento eficiente e enviar reclamações para contas a receber.

Novidades no seu e-mail

Fields marked with an * are required

Mais posts do blog

ver todos