Você conhece a Radiologia Intervencionista?

equipo-isometrico-diagnostico-medico-establecido-ilustracion-3d-computadora-tomografia-ct_33099-163

Além do ramo da radiologia que serve para diagnosticar doenças através de exames de imagem, existe também a radiologia intervencionista que trata dessas doenças.

A radiologia é a área da medicina que estuda a aplicação dos Raios-X e radiação para diagnosticar e tratar doenças. Atualmente ela é um importante alicerce para a área da saúde.

O médico radiologista é responsável por escolher qual forma de exame de imagem é mais adequado para cada caso, realizar os procedimentos e fazer a interpretação para a geração de laudos. Além de detectar, ela permite também o acompanhamento de lesões, feridas e doenças como o câncer.

Para além das funções de diagnóstico, existe a área encarregada de alguns tipos de tratamento, a radiologia intervencionista.

No que consiste:
Os procedimentos intervencionistas são guiados por imagem, ou seja, o médico pode observar o andamento através de um monitor. Para isso são utilizados aparelhos como Tomografia computadorizada, Angiógrafo, Ultrassonografia, Ressonância Magnética, Radiografia convencional com fluoroscopia, etc.

O objetivo de utilizar os aparelhos de imagem é substituir outras formas de tratamento mais invasivas. Dessa forma o médico não precisa fazer cortes cirúrgicos ou utilizar câmeras de videocirurgia. Visa-se o melhor resultado com a mínima intervenção possível.

Procedimentos intervencionistas:
São muitos os métodos aplicados, para procedimentos de diagnóstico e terapeuticos.

Dentre os diagnóstico estão:
Biopsias – Um das formas mais utilizadas, consiste na retirada de fragmentos do tecido a ser analisado.

Punções – servem para “aspirar” nódulos ou cistos, para isso, é introduzida uma agulha no local.

Angiografia – têm objetivo de estudar o estado dos vasos do corpo e muitas vezes retirar amostras de sangue de determinados vasos para análise.

Já os terapeuticos podem ser:
Angiografia com embolização – consiste em introduzir em determinado vaso substâncias para sua obstrução. É utilizado em casos de aneurismas, miomas e tratamento de cânceres, por exemplo.

Drenagem percutânea – a colocação de um dreno utilizando agulhas através da pele para tratar abcessos ou fazer retirada da bile do fígado.

Ablação percutânea de tumores – utilização de agulhas na pele para destruir tecidos de tumores utilizando várias técnicas.

Tratamento de dor – aplicação de medicamentos para o alívio da dor diretamente no local ou até mesmo ablações tumorais paliativas.

Novidades no seu e-mail

Fields marked with an * are required

Mais posts do blog

ver todos