Doenças que a Telemedicina pode ajudar a curar

telemedicina-na-cura-de-doenças

Antigamente, era bastante comum encontrar médicos que descartavam o uso da tecnologia dentro da medicina. Isso porque  não acreditavam que esse casamento daria certo. E deu. Com índices de confiabilidade dos principais exames médicos cada vez mais em alta, a Telemedicina está mostrando a que veio.

Os avanços da medicina nos dias atuais são tão notáveis que, algumas vezes, chegam a parecer ficção científica. Bem longe da ficção, graças ao constante aprimoramento pelo qual passam as tecnologias de ponta, hoje é possível contar com diversas ferramentas que proporcionam conforto e qualidade de vida aos seus usuários.

E, como não poderia deixar de ser, tais avanços não se resumem apenas à invenção de grandes maquinários. Eles também dizem respeito à novas descobertas científicas. Afinal de contas, é através delas que grandes progressos são conquistados.

A Telemedicina ainda provocou melhoras no que diz respeito à qualidade de imagem dos exames realizados. O que acontece em virtude da alta resolução das imagens. Além, é claro, dos altos níveis de confiabilidade.

Telemedicina: a tecnologia a favor da saúde

Como já citado anteriormente, a Telemedicina tem revolucionado a medicina convencional através de suas metodologias. Entre elas podemos citar a Telerradiologia, modalidade através da qual se torna possível analisar e laudar imagens de exames radiológicos à distância.

Além disso, através da Telerradiologia ainda é possível que o próprio paciente compartilhe as informações pertinentes ao seu estado de saúde com um médico de sua confiança. Tudo isso através de alguns cliques em um celular com acesso à internet.

Doenças que a Telemedicina pode ajudar na obtenção da cura

São inúmeras as doenças que a Telerradiologia pode ajudar a facilitar o processo de cura. Basicamente, sempre que for possível realizar um diagnóstico à distância, o processo será  benéfico tanto para o paciente quanto para os profissionais envolvidos.

Para ilustrar melhor de que forma a Telerradiologia pode acabar facilitando o processo de cura de algumas doenças, listamos aqui alguns casos que podem ser diagnosticados através dessa metodologia.

Cabe lembrar que os resultados provenientes dos exames que sinalizam essas doenças podem ser disponibilizados em até 24 horas, dependendo do seu grau de urgência ou emergência, por meio da Telerradiologia. E, como bem se sabe, quando se trata da detecção de doenças, todo tempo é valioso.

Câncer de mama
No Brasil, cerca de 2 milhões de mulheres são diagnosticadas com câncer de mama por ano. Os sintomas da doença incluem, além da percepção de nódulos nas mamas, mudanças bruscas em suas formas e também a presença de secreção com sangue no mamilo.

A detecção dessa doença é feita através da mamografia, um exame indispensável para esse tipo de diagnóstico. Assim como todo tipo de câncer, quanto antes o laudo for positivo, antes começa o tratamento. O que faz com que as chances de cura sejam maiores.

AVC
Os acidentes vasculares cerebrais são imprevisíveis, ou seja, podem acontecer a qualquer momento. Com isso, resta pouco menos de uma hora para que os médicos decidam qual será o tratamento. Neste sentido, o uso da Telerradiologia permite que os exames de uma pessoa que sofreu um AVC sejam laudados e emitidos pouco mais de 10 minutos. Assim como em casos de câncer, AVC, entre outros, o tempo também é precioso.

 

Os exemplos citados acima são apenas dois dos milhares que podem ser diagnosticados através dos recursos proporcionados pela Telerradiologia, uma das vertentes da Telemedicina.

Conectividade para a vida

Mais posts do blog

ver todos