TC e RM ganham versões móveis

siemens

Conhecidos por exigirem grandes equipamentos, ressonância e tomografia ganham versões móveis que beneficiam pacientes e clínicas.

Mobilidade. O conceito de que os serviços de saúde vão ao encontro do paciente – e não o contrário – tem sido o carro chefe das inovações tecnológicas em saúde.

Atualmente, cada vez mais procedimentos estão se tornando mais acessíveis. Até mesmo os que sempre dependeram de equipamentos de grande porte, como as ressonâncias magnéticas e tomografias computadorizadas.

Empresas especializadas estão desenvolvendo versões móveis desses exames. A ideia é atender pacientes que não podem se deslocar até os equipamentos comuns. Ou até mesmo, contemplar regiões de difícil acesso.

Vantagens

Pacientes de UTI são os principais beneficiados com a novidade. Por se tratar de pessoas com a saúde debilitada, é muito comum que aconteçam eventos adversos durante o transporte até a sala de radiologia, sem mencionar que, em alguns casos, a velocidade na realização desses exames é fundamental para o diagnóstico e tratamento.

Além dos benefícios para os pacientes, o ganho financeiro também é considerável. Com as unidades móveis, é possível eliminar o deslocamento caro de pacientes em situação de risco com quesitos altos de pessoal.

E ainda há um ganho com o aumento fluxo de pacientes nas unidades permanentes, que antes acabavam ficando ocupadas por um grande período de tempo.

A maior oferta de imagens móveis também permite ao departamento de radiologia manter um cronograma otimizado e utilizar sua equipe com mais eficiência.

Novidades no seu e-mail

Fields marked with an * are required

Mais posts do blog

ver todos