Registros médicos no iPhone: o que esperar

apple-health-logo-medcloud

Apple disponibiliza Health Records em 12 hospitais nos Estados Unidos

Após muitos meses de rumores, a Apple anunciou que está lançando um recurso de registro de saúde pessoal (PHR) com o iOS 11.3. O recurso, chamado de Registros de Saúde, agregará os dados existentes gerados pelo paciente no aplicativo Saúde com dados do registro médico eletrônico de um usuário – se o usuário for um paciente em um hospital participante. No lançamento, a Apple está trabalhando com 12 hospitais nos Estados Unidos, incluindo Penn Medicine, Cedars-Sinai em Los Angeles, Johns Hopkins e Geisinger Health System.

Embora a plataforma seja focada em dados vitais, alergias e exames laboratoriais, alguns dos conceitos utilizados em abordagens para  exames de maior complexidade, como a da MedCloud são os mesmos.

“Colocar o paciente no centro de seus cuidados, permitindo que eles direcionem e controlem seus próprios registros de saúde tem sido um foco para nós no Cedars-Sinai por algum tempo”, disse Darren Dworkin, diretor de informações da Cedars-Sinai, em um comunicado.”

Para exames de medicina diagnóstica, a MedCloud – pioneira em soluções Patient-Centered para gestão de exames já disponibiliza um ecossistema completo, incluíndo o empoderamento do paciente com o acesso digital a exames e laudos em todas as plataformas móveis: iOS, Android e Windows Phone.

Os PHRs (Personal Health Record) têm uma longa história na saúde digital – além de inúmeras startups, tanto a Google quanto a Microsoft tentaram criar PHRs viáveis. O fracasso da Google Health em 2011 foi muito discutido e o HealthVault da Microsoft, embora ainda em operação, nunca conseguiu obter uma adoção significativa.

No entanto, muitos líderes, incluindo o ex-Coordenador Nacional de Tecnologia em Saúde dos Estados Unidos, o Dr. David Brailer, vêem um movimento em direção a registros de saúde centrados no paciente como inevitável ou necessário.

medcloud-iphone

MedCloud para iOS: Plataforma completa para gestão de exames centrada no paciente.

Mais do que um novo lançamento de uma gigante de mercado, a nova funcionalidade lançada pela Apple reforça um posicionamento de mercado claro, além de uma demanda crescente por parte dos pacientes na busca pelo controle das suas informações pessoais de saúde.

Fonte: Mobi Health News

Conectividade para a vida

Mais posts do blog

ver todos