Quase metade dos radiologistas sofre de Burnout

cansado-hombre-medico-negro-tocando-templos-concepto-doctor-estresado_1262-12548

O Bournout é uma síndrome proveniente de níveis altos de exaustão no ambiente de trabalho.

A maior incidência de burnout é vista em médicos e demais profissionais da área da saúde. Alguns dos principais sintomas dessa condição são perda do entusiasmo, exaustão, distanciamento emocional e perda do sentimento de realização pessoal e profissional.

O Medscape produziu um relatório anual sobre burnout, depressão e suicídio e entrevistou mais de 15.000 médicos nos EUA, de 29 especialidades diferentes, sobre o burnout e outras áreas relacionadas à saúde mental.

De acordo com o relatório, 44% de todos os médicos entrevistados estão com sintomas de burnout, outros 11% estão eventualmente deprimidos e 4% estão clinicamente deprimidos. Dentre os resultados, as descobertas sobre os profissionais da área de radiologia são:

45% dos radiologistas estão esgotados
Essa parcela de radiologistas foi entrevistado juntamente com profissionais de mais 28 especialidades. Gastroenterologistas e ginecologistas obstetras estão tão esgotados quanto os radiologistas, com 45% dos entrevistados afirmando estarem com sintomas de burnout.

A especialidade que apresentou maior índice de esgotamento foi a urologia, com 54%, contra 28% dos profissionais de medicina preventiva e saúde pública, com o menor índice.

Longas horas de trabalho
O relatório também considera a carga horária desses profissionais. De acordo com os entrevistados, 51 horas semanais era considerado como “longas horas” trabalhadas.

Os radiologistas apareceram na 16° posição de carga horária com 45% dos profissionais trabalhando longas horas. Já 77% dos cirurgiões que responderam a pesquisa afirmaram trabalhar por pelo menos 51 horas durante uma semana.

Apenas 26% busca ajuda
Dentre os radiologistas com sintomas de burnout, apenas 26% respondeu que considera procurar algum tipo de ajuda profissional, segundo o relatório.

Os grupos menos propensos a buscar ajuda são exatamente os que aparecem liderando o ranking de horas trabalhadas: cirurgiões, nefrologistas e urologistas.

Mais posts do blog

ver todos