IA está desencorajando novos radiologistas?

radiology-1024x576

Para especialista, radiologistas acadêmicos precisam estar mais preparados para ensinar sobre a IA para estudantes da área.

Com os avanços da Inteligência Artificial, principalmente no campo da Radiologia, muitos estudantes de medicina acabam se sentindo desestimulados a se tornarem radiologistas. Isso acontece porque muitos professores ainda estão despreparados para ensinar estudantes sobre o assunto, segundo um comentário publicado na Academic Radiology e divulgado pela Radiology Business.

Dra. Allison Grayev, da Escola de Medicina e Saúde Pública da Universidade de Wisconsin, escreveu no comentário: “A radiologia deve ser a especialidade médica mais preparada para incorporar a IA ao fluxo de trabalho. No entanto, parece que muitos de nós não sabem exatamente o que isso significa ”.

Segundo Dra. Grayev essa desconexão leva a uma visão negativa do que aguarda a especialidade no futuro. E isso acaba desencorajando os estudantes a entrarem na radiologia.

Principais problemas
A incapacidade de explicar a IA e sua conexão com a radiologia acaba sendo um fator limitante para os radiologistas. Porém, de acordo com a autora, a tecnologia deve ser vista como uma forma complementar para seus trabalhos.

Para ela, o fato dos estudantes acabarem recebendo informações ligadas a IA apenas de veículos de mídia, pode ser um dos motivos desse desencorajamento. Isso ocorre porque, de acordo com Grayev, esses conteúdos muitas vezes têm um caráter sensacionalista quanto ao impacto na área da radiologia.

A autora ainda comentou sobre uma pesquisa recente que descobriu que três quartos dos radiologistas acadêmicos pensavam que a IA iria “mudar drasticamente” seus empregos nas próximas décadas.

Surpreendentemente, apenas metade desses entrevistados estava familiarizada com a análise de big data. Além disso, 11% não conheciam os termos “inteligência artificial” ou “aprendizado de máquina”.

Possíveis soluções
Como solução para o problema da desinformação, Dra. Allison citou associações que estão fornecendo recursos para que radiologistas tenham contato e entendam melhor a relação da IA com a radiologia.

Entre eles estão o Instituto de Ciência de Dados do Colégio Americano de Radiologia e a Associação Canadense de Radiologistas.

“É certamente nossa responsabilidade nos educarmos – não apenas para que possamos utilizar essas técnicas avançadas a nosso favor. Mas também para que possamos educar os estudantes de medicina sobre o excitante potencial para aplicações no futuro”, concluiu Grayev.

Mais posts do blog

ver todos