Impressão em papel x impressão em película: o que é melhor para sua clínica?

Raio-x-digital-645x400

Em alguns casos, a impressão dos exames ainda é indispensável, por isso, vamos falar sobre os tipos de impressão de exames e qual deles é ideal para a sua clínica.

Muito se fala sobre redução de impressão de exames e, consequentemente, redução nos custos que envolvem esse processo. Mas sabemos que em alguns cenários, contextos e públicos, a impressão pode ser necessária.

Imprimir em papel é uma alternativa mais barata, ecológica e com maior qualidade – que se tornou um consenso – a velha impressão em película radiográfica.

A evolução do mercado e a exigência de alta qualidade na impressão e do baixo custo somados à agilidade no processo, fizeram as clínicas e laboratórios do mundo todo aderirem a uma nova solução: a impressão digital de exames em papel.

Instituições de saúde podem ter uma economia significativa ao optarem pela impressão de exames de imagem em papel. Isso porque a impressão tradicional acaba tendo muitos processos e esses processos, como a relevação por exemplo, precisam de maior investimento.

Além disso, a qualidade do exame em película nem sempre é boa para o diagnóstico e isso faz com que o paciente – e o radiologista – tenha que ficar exposto mais uma vez à radiação. O que também reduz a produtividade do setor.

No computador, utilizando o software certo, o profissional ainda pode tratar a imagem, alterando brilho, contraste, melhorando a qualidade do exame, sem ter que pedir para que o paciente repita o procedimento.

Solução para impressão

Porém, nem todos os equipamentos de exames de imagem possuem a opção da chamada impressão Windows em papel.

Neste caso, normalmente é necessário que a clínica possua uma ferramenta de conversão instalada em um servidor local para que a impressão então possa ser realizada em impressoras de papel.

No PACS da Medcloud há uma conversão automática das imagens DICOM em arquivos PDF, possibilitando a impressão em papel com toda a qualidade exigida, quando necessário.

Por se tratar de um sistema em nuvem, ele ainda dispensa a instalação em servidor local e, uma vez implementado na clínica, pode ser acessado em qualquer computador conectado à internet para realizar a conversão de qualquer modalidade de exame.

O que torna o processo muito mais simples, rápido e econômico, pois elimina o custo de instalação de um servidor local e possui investimento personalizado de acordo com a volumetria da clínica.

Impressão sob demanda e portal de resultados

Em todo caso, essa impressão ainda pode ser feita sob demanda, uma vez que as imagens em alta definição DICOM junto ao laudo podem ser acessadas digitalmente.

Escolhendo essa opção, a clínica pode realizar a impressão em papel apenas para aqueles pacientes que fazem questão de ter seu exame físico em mãos.

Mas para que a clínica ganhe ainda mais em praticidade e economia, com o Medcloud, é possível compartilhar o exame com pacientes e solicitantes via aplicativo ou portal de resultados no navegador.

Totalmente baseado na computação em nuvem, o PACS da Medcloud foi pensado para eliminar os problemas no compartilhamento de exames de imagem. Com o portal de resultados, é possível acessar o histórico de exames a qualquer momento, via internet, smartphone ou smart tv.

O que além de colocar o paciente num papel de maior controle de seus próprios dados médicos, evita a perda e a necessidade de repetição de exame. Trazendo benefícios reais para todo o ecossistema de saúde: pacientes, médicos, clínicas, planos de saúde e sistema público.

Novidades no seu e-mail

Fields marked with an * are required

Mais posts do blog

ver todos