Campanhas buscam um Outubro Rosa mais inclusivo

AAHBf9U

A “Não Ignore o Câncer em Estágio 4” busca incluir pacientes que não se sentem contempladas pelas campanhas tradicionais.

Durante todo o ano, principalmente em Outubro, são realizadas campanhas de conscientização da importância do diagnóstico precoce do câncer de mama. Empresas, veículos de comunicação e instituições de saúde sempre enfatizam as chances altas de cura da doença quando descobertas em estágio inicial.

Porém, essa não é a realidade para todas as mulheres que descobrem um câncer de mama. Por vários fatores, existem casos em que a paciente é diagnosticada com a doença já no seu estágio IV. Ou seja, em metástase.

Metástase é a implantação de um foco tumoral à distância do tumor original, decorrente da disseminação do câncer para outros órgãos. Nesse caso, quando surgiu nas mamas, viajou pela corrente sanguínea e espalhou para outros órgãos vitais.

Assim como o câncer de mama primário, o tratamento para o câncer de mama em estágio 4 com quimioterapia ou radiação, geralmente pode ser severo e implacável.

Don’t ignore stage 4 cancer

Existe uma campanha em alguns países chamada “Don’t Ignore Stage 4 Cancer”, ou “Não Ignore o Câncer em Estágio 4” em português, que visa contemplar as mulheres que já descobrem o câncer em um estágio avançado. Diagnóstico que significa que aquela pessoa irá conviver com a doença pelo resto de sua vida.

A campanha surgiu porque essas mulheres normalmente não se sentem contempladas pela abordagem do Outubro Rosa.
O trabalho feito por essas organizações tem como objetivo o acolhimento de pacientes que vivem com esse estágio do câncer e seus familiares com atividades para informação, apoio emocional e psicológico.

Até porque lidar com uma doença incurável e os efeitos colaterais de seu tratamento não são o único fardo que esses pacientes têm de suportar.

Muitos também têm que educar os outros sobre sua doença, explicando repetidamente que não, os exames e exames de sangue e tratamentos nunca terminarão.

Além disso, os grupos também se dedicam a buscar financiamento para descobertas que ofereçam qualidade de vida e longevidade a pessoas que vivem com o câncer de mama no estágio IV. Estágio que ainda é pouco explorado pelas pesquisas médicas.

Novidades no seu e-mail

Fields marked with an * are required

Mais posts do blog

ver todos