Anamnese: por que eliminar o papel?

Doctor of african american ethnicity talking to elder man about disease and healing treatment at healthcare clinic in office. Black medic discussing with old sick patient while sitting at desk

Essencial para que profissionais da saúde conheçam seus pacientes, a anamnese está cada vez mais deixando de ser feita em papel e ganhando espaço nas plataformas digitais, entenda os benefícios dessas transição.

A anamnese é o processo de registrar os dados e histórico dos sintomas relacionados sobre determinados casos clínicos. Ou seja, a anamnese como documento armazena todas as informações que vão desde o nome completo, histórico médico e até às queixas reveladas no momento da consulta. Esses dados referentes ao paciente devem ter a maior quantidade de detalhes possível.

Portanto, a anamnese seria o processo inicial de coleta de informações sobre a saúde do paciente que serão base para o diagnóstico e tratamento. Com esses dados é possível identificar os sintomas e entender o histórico do paciente. Além de apontar o diagnóstico, realizar um planejamento correto e efetuar uma assistência adequada.

Atualmente, ainda é comum que esse processo seja feito em papel, seja através de um questionário para o paciente ou até mesmo pelo método de escuta. Porém, a gestão de documentos em papel apresenta diversos desafios.

Desafios da gestão de anamneses em papel

Além da dificuldade em gerir e armazenar uma alta quantidade de arquivos em papel, que vem com riscos de avaria, impossibilidade de organizar histórico médico mais completo e difícil acesso em casos de emergência, ainda existe a falta de padronização das anamneses.

A solução que algumas instituições de saúde têm encontrado é digitalizar as anamneses para integrar o histórico do paciente em seus sistemas de gestão, ou até mesmo anexar em e-mail para os profissionais de setores diferentes.

Porém, a digitalização ainda deixa de resolver algumas dificuldades que a anamnese em papel apresenta. Alguns possíveis problemas com a legibilidade das respostas do paciente, ou até mesmo nas assinaturas físicas do profissional da saúde, podem dificultar processos de auditoria.

Além disso, a integração manual em sistemas PACS ou demais softwares da unidade, torna o processo demorado e suscetível a diversos tipos de erros.

Benefícios de implementar a anamnese digital

Ao substituir a velha opção de anamnese em papel, além de facilitar o trabalho da equipe médica e de enfermagem e integrar setores, a operacionalização traz instruções padronizadas para as anamneses.

Ao preencher os dados na ficha de anamnese digital, o profissional terá a facilidade de atualizar e acessar o material sempre que precisar, e ainda consultar o histórico do paciente e configurar e padronizar as perguntas que cada profissional da saúde deverá fazer.

A padronização e criação de formulário de perguntas estruturadas também resolve o problema de possíveis lacunas em aberto que podem ser fundamentais para o tratamento e diagnóstico do paciente, como o caso de alergias a algum medicamento, por exemplo.

Também ajuda no planejamento eficaz de todas as ações de acompanhamento, na tomada de decisões e na avaliação da evolução do paciente.

Outra vantagem é a possibilidade de inserir dicas ou diretrizes de como profissionais técnicos ou enfermeiros devem abordar os pacientes.

Desta maneira, ao utilizar corretamente uma ferramenta que oferece um sistema para anamnese digital, o que antes significava em custos e burocracia, agora a gerará resultados satisfatórios, melhor atendimento ao paciente, rotina otimizada e redução de custos com papel.

Integração e segurança

Com a utilização de sistemas para anamnese digital, a segurança das informações sensíveis de seus pacientes é reforçada. Além da possibilidade de controlar quais usuários podem acessar os dados das anamneses, a implementação da assinatura digital certificada é mais uma forma de segurança para seu negócio e seus pacientes.

Além disso, as clínicas que realizam exames de imagem ainda ganham com a integração automática PACS/RIS, uma vez que a anamnese é parte fundamental do laudo, quando as informações estão numa mesma plataforma com disponibilização automática para o radiologista, o acesso se torna muito mais simples, porque agora pode ser feito também em tablets e computadores.

Com todas as vantagens, quem ganha é sempre o paciente. Quando o acesso ao histórico médico completo é facilitado, o diagnóstico é mais completo e o tratamento mais humanizado e eficiente.

Novidades no seu e-mail

Fields marked with an * are required

Mais posts do blog

ver todos